terça-feira, 19 de março de 2019

FESTA DE SÃO JOSÉ

PAROQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES REALIZA FESTA DE SÃO JOSÉ


quarta-feira, 13 de março de 2019

VIA - SACRA

PARTICIPE DA VIA-SACRA NA CATEDRAL ÀS 3 HORAS DA TARDE

TRIDUO E FESTA DE SÃO JOSÉ

ARQUIDIOCESE DE TERESINA
PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES
CATEDRAL METROPOLITANA

TRIDUO E FESTA DE SÃO JOSÉ 
16 A 19 DE MARÇO DE 2019
SETOR MISSIONÁRIO

Tema: São José: exemplo de paternidade, de confiança e de fé

PROGRAMAÇÃO
DIA 16 = 19 horas - Santa Missa de abertura
Animação litúrgica e parte social: Apostolado da Oração, Legião de Maria, Conferencia Vicentina e Ministros
Local: Colegio Artur Furtado na Rua Santa Luzia, 840, esquina com a Rua  Riachuelo

DIA 17 = 18 horas Santa Missa
Animação litúrgica e parte social: EJC, ECC, Pastoral Familiar e Pastoral do Batismo
Local: Catedral Nossa Senhora das Dores

DIA 18 =  19 horas Santa Missa
Animação litúrgica e parte social: Pastoral da Catequese, Pastoral do Dízimo e Renovação Carismática
Local: Colégio Pro- Campos, Rua Rui Barbosa,, 724, esquina com a Rua Santa Luzia

DIA 19 = 19 horas   Santa Missa
Animação litúrgica e parte social: Mãe Rainha, Terço dos homens, Família da Misericórdia, Grupo de Oração pela Família, Pastoral Litúrgica e Canto
Local:  Colégio Pro- Campos, Rua Rui Barbosa,, 724, esquina com a Rua Santa Luzia

Observaçao
Importante: jantar entre amigos de São José - domingo dia 31 de março, às 19:30 horas e trinta minutos, na quadra  do Colegio Pro-Campus
(Valor do convite : 35 reais)
Importante
Todas as noites após a Missa , tem leilão de mesa e venda de comida típicas








sábado, 9 de março de 2019

PALESTRA - CAMPANHA DA FRATERNIDADE

ECC DA PAROQUIA  DA NOSSA SENHORA DAS DORES REALIZA PALESTRA SOBRE A CAMPANHA  DA FRATERNIDADE DE 2019  

O Encontro de Casais com Cristo da Igreja Nossa Senhora das Dores da Arquidiocese de Teresina, realizou hoje à noite, (19 horas), no Centro Paroquial, uma palestra sobre a Campanha da Fraternidade.   Este evento acontece todos os anos nas paroquias e este ano a palestra foi estendido a todos que quisessem participar. O que chamou atenção foi os jovens cuidando com carinho das crianças enquanto os pais participavam da formação. Essa ideia partiu da pastoral do ECC.
Hoje, foi comemorado o dia da mulher pela pastoral do ECC; com brincadeiras, e sorteios de presentes. 






 Cantinho da Criança = Tias: Anabel Lima e Fabiana Roca 

sexta-feira, 8 de março de 2019

DIA DA MULHER

8 de MARÇO - DIA DA MULHER


UM DIA MUITO ESPECIAL PARA MULHER



O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, que o ministério está "equilibrado" ao ter 20 ministros e duas ministras. Na opinião de Bolsonaro, cada ministra vale por "dez homens".


Bolsonaro deu as declarações ao participar no Palácio do Planalto de uma cerimônia de comemoração do Dia da Mulher, na qual estavam ministras e funcionárias do governo.


Dos 22 ministros, duas são mulheres: Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) e Tereza Cristina (Agricultura).


"Pela primeira vez na vida o número de ministros e ministras está equilibrado em nosso governo. Temos 22 ministérios, 20 homens e duas mulheres. Somente um pequeno detalhe: cada uma dessas mulheres que estão aqui equivale por dez homens. A garra dessas duas transmite energia para os demais", afirmou o presidente.

O presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle, durante cerimônia do Dia da Mulher, no Palácio do Planalto — Foto: Alan Santos/PR


Ainda no discurso, Bolsonaro disse que o Dia Internacional da Mulher "não é diferente dos demais" porque, na opinião dele, as mulheres "estão em nossas vidas 24 horas por dia".


O presidente também afirmou que os homens não fazem "política séria" se não tiverem ao lado deles "uma mulher com os mesmos princípios".


"Não existe um homem que possa fazer uma política séria se não tiver, não ao seu lado, mas junto de si, uma mulher com os mesmos princípios. Graças a Deus eu tenho uma família consistente e nós devemos buscar isso e somente dessa maneira nós podemos construir uma grande nação", acrescentou.

Ao citar passagens bíblicas, o presidente afirmou que a mulher veio da costela de um homem e também disse que "a mulher sábia edifica o lar".











quinta-feira, 7 de março de 2019

ABERTURA DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2019

BISPO DE TERESINA  REALIZA ABERTURA DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2019


O bispo de metropolitano de Teresina, realizou uma comitiva com a imprensa, redes sociais para oficializar a abertura da CF de 2019, com representantes do meio social, como mostram as fotos; vivenciando o tema da Campanha  Políticas Públicas  com lema " Serás libertado pelo direito e pela justiça". (Is 1,27).


quarta-feira, 6 de março de 2019

QUARTA-FEIRA DE CINZAS

MISSA DE QUARTA-FEIRA DE CINZAS LEVAM CENTENAS DE FIES À CATEDRAL 
Dona Laudeth - Neta: Ana Marcela - Filha: Laudyana

A missa de quarta-feira de cinzas, foi celebrada para centenas de fieis  que escolheram a celebração do meio dia em comunhão ao pároco da Catedral padre Osório Neto, participarem da santa missa; na Igreja de Nossa Senhora das Dores, na Praça Saraiva de Teresina. O Padre vestia vestes roxa.
Viemos do pó e ao pó voltaremos



Os fieis participaram da santa missa onde ouviam com atenção a pregação da homilia que chamava atenção para três atos poderosos do cristão: oração, caridade e jejum. lembrando que quaresma é tempo de reconciliação não só com o próximo mais consigo mesmo também. 

Quarta-Feira de Cinzas
1º dia de jejum tempo de quaresma no combate ao mal 
Tempo de arrependimento e conversão " vamos voltar nossa vida para Deus".
Foi do pó que viemos e do pó retornaremos ao Pai.
Esmola, Oração e Jejum três  dimensões que Deus nos oferece para reconciliação em três  amores:  amar a Deus, ao próximo e a si mesmo. Esse amor é exigente e exige silencio, esse silencio oferece algo a mais tipo a paz; a paz para si e para os outros a paz que vem de Deus!
A quaresma começa hoje e vai até Quinta-Feira no Tríduo pascal
Práticas quaresmais - Esmola - Oração - Jejum
Esmola = é o amor que vai ao encontro do outro;
Essa prática não seja exibida; deve ser uma preocupação permanente tipo dar uma palavra de apoio,um abraço, um sorriso, partilha, apoio moral, psicológico, alimentar. Essa prática nos coloca para fora.
Oração = nos coloca para o alto
É preciso iniciar a oração no quarto numa oração  que vai  nos transformando em irmão; a oração nos eleva para o alto mais nós precisamos participar mais das santas missas, adorar mais o Senhor; meditar mais, é estarmos mais perto do Santíssimo.
" A oração nasce no escondimento, numa relação de Deus com aquele que ora".
Jejum = o jejum nos coloca para dentro
É um reencontro de tantas coisas erradas e renunciá-las; o jejum pode ser feito de várias maneiras como: alimentar, o modo  de ser com as pessoas tipo ser uma pessoa alegre, gentil,; olhar sereno; ajudar arrumar a casa de alguém; parar para ouvir quem precisa, visitar quem precisa;pegar a receita de quem precisa e comprar o remédio; dar uma cesta-básica a quem precisa;ou seja o jejum deve abranger os 5 sentidos. Assim você estará se auto ajudando. Obs: o jejum da lingua;. ou seja controle mais sua lingua; controlar os impulsos e nossos desejos.
" O silêncio verdadeiro de rasgar o coração é se rever por dentro e vestir-se com uma nova roupa".
Às 18 horas  houve a santa missa de quarta-feira de cinzas na Catedral, presidida por Dom Jacinto de Brito, bispo metropolitano desta capital e concelebrada por Padre Osório Neto, pároco da Catedral.








segunda-feira, 4 de março de 2019

ALERTA DO PAPA


Vaticano: «Pela língua começam as guerras», alerta o Papa


Mar 3, 2019 - 11:53

Francisco adverte quem se preocupa mais em julgar o próximo do que em corrigir os próprios defeitos


Cidade do Vaticano, 03 mar 2019 (Ecclesia) 


O Papa Francisco alertou hoje no Vaticano para as consequências da maledicência e da “hipocrisia” de quem é muito duro no julgamento dos outros, sem se preocupar em corrigir os próprios defeitos.


“Pela língua começam as guerras”, assinalou, falando desde a janela do apartamento pontifício, antes de presidir à recitação da oração do ângelus.


Perante milhares de peregrinos reunidos na Praça de São Pedro, o Papa recordou os ensinamentos apresentados por Jesus Cristo, nas passagens do Evangelho que são lidas hoje nas igrejas de todo o mundo, criticando, em particular, a “bisbilhotice”.


“Falar mal dos outros… Isto destrói: a família, a escola, o local de trabalho, o bairro”, advertiu.


Perguntemo-nos: eu falo mal dos outros? Procuro sempre denegrir os outros? É mais fácil ver os defeitos dos outros do que os meus? Procuremos corrigir-nos, pelo menos um pouco, vai fazer-nos bem a todos”.


O Papa começou por observar que, para muitas pessoas, é “mais fácil ou mais conveniente perceber e condenar os defeitos e pecados dos outros, sem conseguir ver os próprios com tanta clareza”.


“Nós escondemos sempre os nossos defeitos, mesmo de nós mesmos. Pelo contrário, é fácil ver os defeitos dos outros”, prosseguiu.


Francisco lamentou que tantos católicos sejam “duros” na condenação dos outros, pedindo que todos tenham a consciência de ter “defeitos”.


“Assim, seremos credíveis, agiremos com humildade, testemunhando a caridade”, sustentou.


A intervenção assinalou ainda as recomendações deixadas por Jesus a quem tem responsabilidade – e que hoje se aplicam a “pastores de almas, autoridades públicas, legisladores, professores, pais” -, exortando-os a estar “conscientes do seu delicado papel e a discernir sempre o caminho certo” para liderar.

Agenda do Papa

A agenda do Papa, este domingo, inclui nova visita a uma paróquia de Roma, desta vez a de São Crispim de Viterbo, no bairro Labaro, situado na zona norte da capital italiana.


O programa inclui encontros com crianças e adolescentes da catequese, pobres e sem-abrigo, doentes e pessoas com deficiência, antes da celebração da Missa.












SEGUNDA -FEIRA DE CARNAVAL

sábado, 2 de março de 2019

QUARTA-FEIRA DE CINZAS DIA 6 DE MARÇO 2019 - HORÁRIO

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES - CATEDRAL

Horário: 
12 horas
18 horas

CURSO PARA CATEQUISTAS

ARQUIDIOCESE DE TERESINA REALIZA CURSO PARA CATEQUISTAS

A comissão arquidiocesana de Catequese realiza Curso de Formação de Catequese para os Catequistas como também para você que deseja seguir o rito da ser Catequista. 

O curso será realizado no dia 9 de Março de 2019, no Centro Pastoral Paulo VI, às 2 horas da tarde, às aulas acontecerão no segundo e quarto Sábado do mês; duas vezes por mês; totalizando 1 ano de curso.

REQUESITOS:

Taxa : 40 reais
Idade minima 16 anos
1 ano de caminhada catequética na paróquia
Cursando ou ter cursado o Ensino Médio
Ter recebido os Sacramentos da Iniciação à vida cristã
O curso será presidido pelo o Coordenador Arquidiocesano de Catequese de Teresina : Edmilson Alves

GRUPÃO ABERTO - DIA DA MULHER

ENCONTRO DE CASAIS COM CRISTO REALIZA GRUPÃO ABERTO NO DIA DA MULHER

O Encontro de Casais com Cristo, ECC - da  Paróquia Nossa Senhora das Dores, term enorme prazer em convidar você para o Grupão Aberto, a realizar-se no dia 9 de Março de 2019, às 19 horas, no  Centro Paroquial de Nossa Senhora das Dores, 1332; vivenciando o tema " Campanha da Fraternidade de 2019". Será uma noite muito agradável com alegria e louvor.
Lembrando que há um espaço todo especial para seu filho brincar com pessoas competentes. VENHA CONFERIRI!
Com carinho - Equipe Dirigente 2019  

CURSO DE FORMAÇÃO

 Arquidiocese de Teresina realiza curso de Catecismo da Igreja Católica
 A Arquidiocese de Teresina realiza curso de formação na Forania Centro, vivenciando o tema "Catecismo da Igreja Católica"; com 10 módulos, o curso reza os meses de Março a Dezembro de 2019. O interessado em participar procurar a Secretaria da Catedral de Nossa Senhora das Dores, na Praça Sarava desta capital. Falar com a Mazé.
O curso é aberto a toda Forania Centro, são 50 vagas, investimento 150 reais; cada módulo 15 reais.
Paz e Bem! Secretaria


sexta-feira, 1 de março de 2019

QUARESMA 2019 - PAPA FRANCISCO

Quaresma 2019: converter-nos para fazer da criação um jardim, não um deserto


A criação clama pela conversão dos filhos de Deus, escreve o Papa Francisco em sua mensagem para a Quaresma 2019.

Por: Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano

O tema da criação inspirou a mensagem do Papa Francisco para a Quaresma de 2019.

O texto foi divulgado esta terça-feira (26/02) na Sala de Imprensa da Santa Sé, com o título “A criação encontra-se em expectativa ansiosa, aguardando a revelação dos filhos de Deus”, extraído de Romanos 8,19.

O Pontífice oferece algumas propostas de reflexão para acompanharem o caminho de conversão nesta Quaresma.


A redenção da criação

O Pontífice destaca que a criação se beneficia da redenção do homem quando este vive como filho de Deus, isto é, como pessoa redimida. Neste mundo, porém, adverte Francisco, “a harmonia gerada pela redenção continua ainda – e sempre estará – ameaçada pela força negativa do pecado e da morte”.
A força destruidora do pecado

Com efeito, prossegue o Papa, quando não vivemos como filhos de Deus, muitas vezes adotamos comportamentos destruidores do próximo, das outras criaturas, mas também de nós mesmos. Isso leva a um estilo de vida que viola os limites que a nossa condição humana e a natureza nos pedem para respeitar, seguindo desejos incontrolados.

“ Se não estivermos voltados continuamente para a Páscoa, para o horizonte da Ressurreição, é claro que acaba por se impor a lógica do tudo e imediatamente, do possuir cada vez mais. ”

A aparição do mal no meio dos homens interrompeu a comunhão com Deus, com os outros e com a criação, a ponto de o jardim se transformar num deserto.
Trata-se daquele pecado que leva o homem a considerar-se como deus da criação, explica o Papa, a sentir-se o seu senhor absoluto. Quando se abandona a lei de Deus, a lei do amor, acaba por se afirmar a lei do mais forte sobre o mais fraco.

“O pecado, manifestando-se como avidez, ambição desmedida de bem-estar, desinteresse pelo bem dos outros – leva à exploração da criação (pessoas e meio ambiente), movidos por aquela ganância insaciável que considera todo o desejo um direito e que, mais cedo ou mais tarde, acabará por destruir inclusive quem está dominado por ela.”
A força sanadora do arrependimento e do perdão

Por isso, a criação tem impelente necessidade que se revelem os filhos de Deus. E o caminho rumo à Páscoa chama-nos precisamente a restaurar a nossa fisionomia e o nosso coração de cristãos, através do arrependimento, a conversão e o perdão, para podermos viver toda a riqueza da graça do mistério pascal.

A Quaresma chama os cristãos a encarnarem, de forma mais intensa e concreta, o mistério pascal na sua vida pessoal, familiar e social, particularmente através do jejum, da oração e da esmola.

Jejuar, isto é, aprender a modificar a nossa atitude para com os outros e as criaturas: passar da tentação de «devorar» tudo para satisfazer a nossa voracidade, à capacidade de sofrer por amor, que pode preencher o vazio do nosso coração. Orar, para saber renunciar à idolatria e à autossuficiência do nosso eu, e nos declararmos necessitados do Senhor e da sua misericórdia. Dar esmola, para sair da insensatez de viver e acumular tudo para nós mesmos.

“ Queridos irmãos e irmãs, a ‘quaresma’ do Filho de Deus consistiu em entrar no deserto da criação para fazê-la voltar a ser aquele jardim da comunhão com Deus. Que a nossa Quaresma seja percorrer o mesmo caminho, para levar a esperança de Cristo também à criação. ”

“Não deixemos que passe em vão este tempo favorável!”, é o apelo final do Papa.

PAPA FRANCISCO
MENSAGEM
QUARESMA