sexta-feira, 29 de junho de 2018

VEJA MATÉRIA SOBRE O SEPULTAMENTO DE DOM MIGUEL


Comunidade Católica presta última homenagem a Dom Miguel Câmara
CRIS PINHEIRO 30 MINUTOS ATRÁS ( Fonte: http://arquidiocesedeteresina.org.br )



O Sino da Catedral Nossa Senhora das Dores tocava a cada meia hora. A casa mãe da nossa Arquidiocese estava pronta para receber o pastor que esteve por 16 anos à frente da Arquidiocese de Teresina.


Dom Miguel Câmara, Arcebispo Emérito da Arquidiocese, faleceu na última quinta-feira (28) em decorrência de um quadro de pneumonia que se agravou. Por 25 dias internado em um hospital da capital, não resistiu e descansou aos 93 anos de idade. O velório teve início às 20h do mesmo dia, na Catedral. Um grande número de fiéis participou do momento que seguiu por toda a madrugada e foi marcado por forte emoção.

Dona Zenaide Raulino é paroquiana da Catedral. Para ela, a marca de bom pastor e pai de todos é o que vai ficar na sua lembrança. “Ele foi um verdadeiro pai, pai de todos nós. Olhou como filho a todos. Sem distinção, sem olhar a quem. Amou e foi muito amado. Hoje está no céu ao lado do Pai de todos e nós aqui na Terra choramos essa partida”, disse emocionada.

A programação do velório teve início com a chegada do corpo na Igreja por volta de nove horas da noite e foi carregado por padres até o altar. Ao lado do caixão foi colocado o báculo que usou em todo o seu episcopado, um símbolo usado pelos bispos da Igreja Católica, para marcar o seu papel de pastor do rebanho divino.

Dom Miguel Fenelon Câmara Filho nasceu no dia 4 de abril de 1925, em Quixeramobim, município do Ceará. Desde criança já pensava em ser padre e com apenas 12 anos ingressou no Seminário Menor de Fortaleza.

Foi ordenado sacerdote aos 23 anos, em 8 de dezembro de 1948 com o Lema: Scio cui didi – Sei em quem acreditei. Nomeado pelo Papa João Paulo II, a ordenação episcopal foi em 19 de março de 1970. Desta data até o dia 5 de fevereiro de 1974 foi bispo auxiliar da capital cearense. Depois seguiu para o Estado de Alagoas em Maceió, e lá foi Arcebispo Coadjutor. Em 24 de novembro de 1976 tornou-se Arcebispo de Maceió. Nessas funções, cumpriu a missão de homem consagrado.

Embora de origem cearense, sempre revelou grande amor ao Piauí, especialmente por Teresina. Chegou na capital do Piauí no ano de 1984 e tomou posse como arcebispo metropolitano em 6 de janeiro de 1985. Foi o quarto arcebispo de Teresina.

Seu episcopado foi marcado por importantes contribuições como o avanço das pastorais sociais. Fato bem lembrado pelo Governador Wellington Dias que atestou a grande perda para a Igreja do Brasil.

“Eu tive uma relação com ele que é muito antes de eu me tornar político. Uma relação desde quando vim do interior para morar em Teresina. Éramos meninos eu e a deputada Trindade (in memorian) e integrávamos juntos o movimento dos vicentinos e das comunidades eclesiais de base. Dom Miguel tinha carinho especial pela comunidade jovem e por isso é considerado o mais amado pela juventude cristã até hoje. Ele sempre fez a opção pelos mais pobres, em momentos de conflitos sindicais e é essa memória que tenho dele. Por todo o seu legado, pela simplicidade, hoje é um dia muito triste. O Brasil perde um grande homem. Uma pessoa séria e honrada, responsável e importante para o crescimento da arquidiocese e a organização social da igreja”, lamentou o governador do Estado Piauí.

O sentimento de pesar também foi compartilhado pelo prefeito da cidade de Teresina, Firmino Filho. “Hoje é um dia triste. Sinto bastante essa partida. Esse homem tinha sinal de simplicidade. Era um grande representante da Igreja. Temos a missão de praticar seu exemplo. Me lembro de situações de conflitos de terra em que ele fez questão de ir in loco para dizer que estava do lado dos irmãos desassistidos. A nossa Igreja, Teresina, é grata a Dom Miguel Câmara.

A primeira missa de corpo presente teve a condução do Arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito. A partir dali, a cada duas horas, padres da Arquidiocese conduziram as celebrações seguintes.

Padre Amadeu Matias foi o primeiro padre ordenado por Dom Miguel Câmara. O primogênito, como ele define. O sacerdote recebeu importantes missões de Dom Miguel à frente da Igreja. Para ele, dom Miguel foi um homem que marcou e marcará sempre a sua vocação sacerdotal.

“Eu era seminarista em Roma quando Dom Miguel veio para Teresina. Depois voltei para cá e dele recebi importantes atividades pastorais. Tive o privilégio de residir com ele. Em 1986 fui ordenado e tornei-me um colaborador do bispo. Tive nele um exemplo de pastor. Como sacerdote fui enviado para Valença , no Piauí, uma região grande que incluía outros municípios como Inhuma, Aroazes e Pimenteiras. Ele já pregava a descentralização pastoral há 32 anos atrás. Dom Miguel queria que nos afastássemos da igreja matriz, revelando seu espírito missionário . Ele compreendeu o que hoje se fala muito: igreja em saída, igreja que vai ao encontro dos afastados”, revelou o sacerdote.

O olhar zeloso com os menos assistidos foi a marca de Dom Miguel Câmara. Tanto é que as grandes obras sociais da nossa Igreja têm a sua assinatura. Padre Luis Eduardo também foi ordenado por Dom Miguel e é a marca da fraternidade que ele define como sendo o grande legado do Arcebispo Emérito.

“Teve um pastoreio exemplar. Com muita dedicação e sendo justo e caridoso, exigente e às vezes austero. Cobrando posições seguras e comportamento reto. Mas com um coração doce em relação aos menos assistidos. Ele nos deixa o amor e carinho aos pobres. Foi um homem de muito carinho e amado. Podemos testemunhar essa amizade aqui na Catedral com a presença de centenas de fieis”, declarou o padre.

Dom Jacinto Brito valorizou a caminhada de fé do religioso que fez um longo percurso de vida e de serviço à Igreja. O Arcebispo ressaltou que ele foi e será sempre exemplo do serviço gratuito na vida cristã.

“A esperança cristã triunfa sobre esse sentimento de dor e de saudade. Confirmamos com a missa de corpo presente que o cristão morre e ressuscita com Cristo. Dom Miguel administrou tanto os sacramentos de Deus e podemos imaginar quantas bençãos passaram por suas mãos e seu coração de pastor. Agora é hora de agradecer seu testemunho e que Deus faça fecundar na prática seu exemplo”, disse.

Ao amanhecer do dia 29, mais fiéis chegavam para se despedir do amado pastor. . Francisco Madeiro, da paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima (Forania Sul I) reforçou que Dom Miguel foi espelho de fidelidade à Igreja. Um pastor que sempre apontou para o caminho social com coração cheio do amor de Deus.

“Como fiel admiro e testemunhei seu carinho com seus filhos. Foi acessível. Sua vocação sacerdotal e episcopal tinha a marca da simplicidade. A sua assistência não escolhia, era de todos que chegavam para solicitar algo”, disse.

As exéquias seguiram e em discurso, Dom Jacinto ressaltou: “o calor de sua fé continuará a nos aquecer e, sua bondade, traço característico de sua personalidade e pastoreio, permanecerá viva em nossos corações. Ao longo de 70 anos de ministério presbiteral e 48 de episcopado, quanto o evangelho ressoou pelos seus lábios, quanto os pés do mensageiro se apressaram em levar a Boa Nova a milhares de irmãos, quer no Ceará e Alagoas, quer no Piauí”, disse Dom Jacinto.

Padre Tony Batista, Vigário Geral da Arquidiocese de Teresina demonstrou emoção em todo o momento de despedida. Foi presente em todo o episcopado de Dom Miguel e também acompanhou os momentos de leito no hospital. O Vigário ressaltou que era importante remexer nas memórias porque Dom Miguel o ensinou que era importante estudar, buscar conhecimentos. “Eu lembro dele dizer que queria adquirir conhecimentos em informática. Ler era quase que um dever diário. Era um cidadão e irmão mais velho. Por isso agradecemos a Deus termos tido ele como nosso arcebispo”, declarou padre Tony.

No momento final da celebração, Dom Jacinto orientou que levassem o corpo para a Capela Nossa Senhora do Carmo (localizada no interior da Catedral). No mesmo local, estão depositados os restos mortais de Dom Severino Filho (primeiro arcebispo da Arquidiocese ). Os cânticos se somavam à emoção de centenas de fiéis.

A família de Dom Miguel Câmara participou de toda a celebração. Sobrinhos e irmãos também deram o último adeus. A irmã, Tereza Câmara, falou emocionada. “Não tenho muitas palavras, me falta raciocínio completo para externar tamanha dor. Vocês ficaram com ele, porque assim era seu desejo. Em meu coração levarei a saudade”, disse.

A missa de sétimo dia de Dom Miguel Câmara será celebrada na quarta-feira dia (04), às 8h da manhã, na Catedral Nossa Senhora da Dores

Por Vera Alice Brandão




quinta-feira, 28 de junho de 2018

VELÓRIO DE DOM MIGUEL FENELON

FIEIS EM ORAÇÃO ESPERAM O CORPO DE DOM MIGUEL
FIEIS SAÚDAM DOM MIGUEL PELA ÚLTIMA VEZ NA IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS DORES


O corpo de D. Miguel chegou à Catedral às 20.30h, foi recebido por padres, ministros, seminaristas,irmãs religiosas,amigos e parentes. que já o aguardavam na Praça com orações e cânticos.

O cortejo o levou para dentro da Igreja. Seguiu a primeira missa, presidida por Dom Jacinto de Brito, bispo desta capital.
O velório está acontecendo na Catedral de Nossa Senhora das Dores, a partir deste do termino da primeira missa.

À meia noite aconteceu a segunda missa presidida por Padre Amadeu Matias e às 2 horas da manhã acontecerá a terceira missa e assim vai até chegar 11 horas da manhã para as exéquias solenes e em seguida o sepultamento na Catedral.

Exéquias

São ritos e orações com os quais a comunidade cristã acompanha seus mortos e os encomenda a Deus.

Último adeus a Fenelon, servo de Deus

A Palavra colocada aos pés do Dom Miguel, nos fez refletir a grande responsabilidade foi a do bondoso pastor aqui na terra.


NOTA DE FALECIMENTO




Amados irmãos
Fonte:Maria da graças (Secretária  da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima) 
O corpo de D. Miguel chegará à Catedral as 20.30h. Segue-se com a primeira missa. Amanhã as 11h teremos as exequias solenes e em seguida o sepultamento, dentro da própria catedral. 



Fonte: 180graus.com
Dom Miguel Fenelon Câmara

Morreu na tarde desta quinta-feira (28/06) o arcebispo emérito de Teresina, Dom Miguel Fenelon Câmara. Ele estava internado há quase um mês devido problemas provocados pela idade avançada. Aos 93 anos, seu quadro piorou por conta de uma pneumonia. Desde o último fim de semana estava inconsciente, e com os rins paralisados.

O velório vai acontecer na Catedral de Nossa Senhora das Dores, a partir das 19h, no Centro da Capital.

Natural do Ceará, Dom Miguel foi arcebispo de Teresina por 16 anos. Neste período, onde criou várias pastorais, como o primeiro Vicariato das Comunicações Sociais do Brasil. O setor tinha a finalidade de promover, articular e integrar os serviços de comunicação no âmbito da Igreja local.

segunda-feira, 25 de junho de 2018

CONVITE - ASSEMBLÉIA LITURGICA DIA 5 DE JULHO

Resultado de imagem para padre osorio barbosa teixeira neto
Padre Osório Barbosa Teixeira Neto (Foto: Ellyo Teixeira/G1) Fonte www.google.com.b - G1

A Paróquia Nossa Senhora das Dores, com grande júbilo, convida-lhe para compor a Assembléia Litúrgica, na qual renderemos graças  a Deus  pelos 25 anos  de ministério presbiteral de nosso pároco, Pe. Osório Barbosa Neto.
dia 4 de julho de 2018 - quinta -feira
às 19 horas - Igreja Catedral de Teresina

PROGRAMAÇÃO PREPARATÓRIA

1- Hora da misericórdia - Eucarística e vocacional - nos dias 1, 2, 3 de julho ( domingo, 2ª feira e terça feira), das 15h às 16h - Na Igreja Catedral

2- Laudes - Oração da manhã - no dia 4 de julho, quarta-feira às 6h da manhã - Centro Paroquial Nossa Senhora das Dores

" Eu sou o Bom Pastor. O bom Pastor dá sua vida por suas ovelhas" ( Jo 10,11).

ARRAIÁ DA CATEQUESE

ARRAIÁ DA CATEQUESE AQUECE OS CATEQUISANDOS

AS CATEQUISTAS ( foto Deusene Noleto)

O arraiá da catequese  da Paroquia Nossa Senhora das Dores, aconteceu domingo, dia 24, às 9 horas da manhã, animado pelos catequistas, onde aconteceu, músicas, comidas bebidas, orações e muitas alegrias. Os catequistas abriram a festa junina com orações das catequistas. 



domingo, 24 de junho de 2018

Dom Miguel recebe unção dos enfermos


Inconsciente e com rins paralisados, Dom Miguel recebe unção dos enfermos em hospital

Fonte: https://180graus.com

Dom Miguel Câmara, arcebispo emérito de Teresina, está internado em um hospital na capital, devido problemas de saúde causados pela idade avançada.



Inconsciente e com os rins paralisados, ele recebeu nesta manhã a visita do arcebispo Dom Jacinto Brito, que lhe deu a unção dos enfermos.

O registro da visita foi publicado pelo próprio Dom Jacinto, em sua conta no Instagram. Ele pede orações a Dom Miguel.

"Deus acolha em sua misericórdia esse seu servo que tanto cuidou dos outros nesta terra. Chegada a sua hora, Maria o apresente ao seu Divino Filho", diz a mensagem.

Cearense, Dom Miguel tem 93 anos, e foi arcebispo da capital por 16 anos.


terça-feira, 12 de junho de 2018

HORÁRIO MISSA EM TERESINA


HORÁRIO COMPREENDIDO POR FORANIAS

Arquidiocese de Teresina
Fonte http://arquidiocesedeteresina.org.br


Forania Centro

Catedral de Nossa Senhora das Dores
Endereço: Rua Olavo Bilac, 1330, Centro – Teresina – PI
Telefone(s): (86) 3222-2584

Missas: 
Domingo: 07:30h, 11h e 18:00h.



Obs: As missas de 07:30h e 18:00h acontecem na Catedral.

A missa de 11 horas acontece na Capela Santa Rita que fica localizada na Avenida José dos Santos e Silva n° 1920 no antigo Centro Paroquial

A missa de 11h acontece no Centro Paroquial, que fica localizado na Rua David Caldas n°
Segunda-feira: 06:30h, 12h e 17:00h – Catedral
Terça-feira: 06:30h, 12h e 17:00h – Catedral
Quarta-feira: 06:30h, 12h e 17:00h – Catedral
Quinta-feira: 06:30h, 12h e 17:00h – Catedral
Sexta-feira: 06:30h, 12h e 17:00h – Catedral
Sábado: 06:30h e 17:00h – Catedral

*Dia 15 de cada mês missa às 12h na Catedral.


Paróquia Nossa Senhora do Amparo

Endereço: Rua Rui Barbosa, 270, Centro – Teresina – PI

Telefone(s): (86) 3221-8254
Missas:
Domingo: 07:00, 09:00, 11:00, 17:00
Segunda-feira: 07:15, 12:00, 17:00
Terça-feira: 07:15, 12:00, 17:00
Quarta-feira: 07:15, 12:00, 17:00
Quinta-feira: 07:15, 12:00, 17:00
Sexta-feira: 07:15, 12:00, 17:00
Sábado: 07:15, 17:00




Paróquia São Benedito

Endereço: Av. Frei Serafim, 1626, Centro – Teresina – PI

Telefone(s): (86) 3222-2667
Missas:
Domingo: 06:30, 09:00, 11:00, 18:00
Segunda-feira: 06:30, 17:30
Terça-feira: 06:30, 17:30
Quarta-feira: 06:30, 17:30
Quinta-feira: 06:30, 17:30
Sexta-feira: 06:30, 17:30
Sábado: 06:30, 17:30




Forania Leste

Paróquia Nossa Senhora de Fátima

Site: www.nsfatima.org.br
Endereço: Avenida Nossa Senhora de Fátima, 115, Bairro de Fátima – Teresina – PI

Telefone(s): (86) 3232-2030
Missas:
Domingo 08:00h, 19:00h
Terça-Feira 18:00h
Quarta-Feira 18:00h
Quinta-Feira 18:00h
Sexta-Feira 18:00h
Sábado 18:00h




*Toda 2ª Segunda-Feira de cada mês: Missa de Cura Interior às 18:00h.



Paróquia Nossa Senhora da Vitória – Planalto Uruguai
Endereço: Rua 18, n° 6519 – Planalto Uruguai
64057-400 Teresina-PI
Telefone: (86) 3216-7882

Missas

Matriz:
Terça-Feira, Quarta-Feira e Sexta-Feira 19:00h
Sábado 16:00h
Domingo 07:00h e 19:00h




Forania Sul I

Paróquia São Raimundo Nonato

Site: www.prsn.org.br
Endereço: Rua Santa Catarina, 674, Piçarra – Teresina – PI

Telefone(s): (86) 3222-2392
Missas:
Domingo: 06:00, 08:00, 19:00
Terça-feira: 19:00
Quarta-feira: 19:00
Quinta-feira: 19:00
Sexta-feira: 19:00
Sábado: 19:00




Paróquia São Pedro Apóstolo
Av. Valter Alencar, 2555 – São Pedro

Telefone(s):(86) 3218-6520

Missas:
Domingo: 07:00, 19:00
Segunda-feira: 18:30
Terça-feira: 18:30
Quarta-feira: 18:30
Sexta-feira: 18:00


Obs.: Todo dia 13 missa ao meio dia na Igreja matriz

Paróquia Cristo Rei
Endereço: Av. Barão de Castelo Branco, 1434
Telefone: (86) 3223-4040

Missas

Matriz:
Domingo: 7h e 17h
Terça-feira: 18:30h (Novena de N. Sra. do Perpétuo Socorro
Quarta-feira: 18h30
Quinta-feira: 18h30
Sexta-feira: 18:30h



Comunidade N. Sra. Aparecida – Três Andares

Domingo: 9h
Terça-feira: 6h (Novena de N. Sra. do Perpétuo Socorro)
Sábado: 18:00h



Comunidade IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA – Rua Chagas Lira próximo a Ponte Wall Ferraz)


Segunda-feira: 19:30h
Sábado: 19:30h




Paróquia Nossa Senhora de Lourdes – Vermelha
Endereço: Avenida Barão de Gurguéia, s/n – Vermelha
64018-450 – Teresina-PI
Telefone: (86) 3222-8998

Missas
Matriz:


De Segunda a Sexta-feira às 18:30h
Sábado 19:00h
Domingo 07:00h e 19:00h




Forania Sul II
Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição 
Site: www.imaculadamoradanova.blogspot.com
Endereço: Praça da Imaculada, 4181, Morada Nova – Teresina
Telefone: (86) 3227-1118

Missas:
Domingo: 7h30 e 17h30
Terça-feira: 19h
Quarta-feira: 19h
Quinta-feira: 19h
Sexta-feira: 19h




Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima – Conjunto Santa Fé
Endereço: Araruna, 8215 – Conjunto Santa Fé
64027-510 – Teresina -PI
Telefone: (86)3227-9087 – Secretaria / (86) 3119-5520 Casa Paroquial

Missas

Matriz:
Domingo 07:00h e 19:00h
Terças e Sextas 19:00h




Paróquia Santa Luzia
Endereço: Avenida Deputado Ulisses Guimarães, s/n – Promorar
64027-330 – Teresina -PI
Telefone: (86)3220-5766

Missas

Matriz:
Domingo 09:00h e 19:00h
Terça 19:00h
1ª Sexta-Feira do mês 19:00h




*Última quinta-feira do mês – missa de Cura e Libertação às 19:00h.

Forania Sudeste
Paróquia Santuário São Francisco de Assis 
E-mail: portalsf4.com
Endereço: Rua Alexandre Gomes Chaves Dirceu Arcoverde I
Telefone: (86)3236-9188 / (86) 99818-3782

Missas:
Segunda 18h (Missa e Novena Mãos Ensanguentadas de Jesus
Terça-feira: 18h (Missa e Vésperas) 19h (Missa e Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro)
Quarta-feira: 6h (Missa e Laudes)



17h (Missa e Novena do Divino Pai Eterno)
Quinta-feira: 6h (Missa e Laudes)



18h (Missa e Vésperas)

19h (Missa por Cura e Libertação)
Sexta-feira: 15h (Missa e Terço da Misericórdia)



18h (Missa e Vésperas)

22h (Missa com Família Cenáculo)
Sábado 19h (Missa e Novena de São Francisco de Assis)
Domingo 7h 9h 19h





*Confissões
Terça, Quinta e Sábado 15h às 18h
Adoração perpétua 24 horas (todos os dias)

Forania Norte II




Paróquia Santa Joana D´arc – Mocambinho
Endereço: Quadra 48 – Casa 21 – Setor A – Caixa Postal 573 – Mocambinho I
64001-970 – Teresina -PI
Telefone: (86)3081-0191

Missas

Matriz:
Domingo 07:15h e 19:15h
Terça-feira Novenas 19:30h
Quinta-feira Missa da Misericórdia 19:30h
Todo dia 13 Missa em honra à Nossa Senhora de Fátima 12:00h

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Caminhada da Fraternidade de Teresina

CAMINHADA DA FRATERNIDADE VALORIZA AS DIFERENÇAS
Fieis são fiéis na Caminhada e na Fraternidade tudo  ao amor ao próximo


Milhares de religiosos de várias religiões participaram, ontem dia 10, às 6:30 da manhã, da missa de abertura da caminhada da fraternidade, na Igreja São Benedito da Avenida Frei Serafim terminando na Ponte Estaiada. Esta caminhada corresponde a XXIII edição, foi promovido pela a Igreja  Católica na pessoa do querido Padre Tony Batista; o qual levou inúmeras pessoas às ruas da capital piauiense. 
No que diz que é respeitando as diferenças é que se conquista a Paz; ser tolerante é respeitar as diferenças contrarias; é saber conviver com os defeitos sem apontar; ser tolerante é crescer e deixar o próximo crescer.

A santa missa foi presidida pelo o senhor bispo Dom Jacinto de Brito, bispo metropolitano de Teresina,  participada por várias religiões. Esta campanha teve apoio da Arquidiocese de Teresina, visando  a manutenção de lares, abrigos, casas e instituições que dão assistência as pessoas carentes.

Nesta caminhada, foi frisado que o homem deve respeitar as diferenças, que cada um deve ser o que quer ser; que devemos respeitar os idosos pois um dia você será um também, respeitar as mulheres e  deixar as mulheres vestirem o que elas quiserem vestir; e que os homens devem respeitar as vontades das mulheres nada de agarrar sem o  seu consentimento; nada de pedofilia, devemos cuidar das crianças e não maltratá-las.

O tema vivenciado foi "diferenças nós respeitamos". Esse tema leva a reflexão sobre a intolerância do que está acontecendo dentro de casa, no Brasil e no mundo.
confira as fotos


 

 










 


 









 Catequisando da Paroquia Nossa Senhora das Dores



Padre Tony se alegra com os caminheiros

"Ser tolerante é respeitar as diferenças contrarias"
FIM


sábado, 9 de junho de 2018

DIA DOS NAMORADOS

HOJE ACONTECE A  FESTA  " GRUPÃO DOS NAMORADOS" NA CAPELA SANTA RITA DE CÁSSIA ( NO ANTIGO CENTRO PAROQUIAL), NA AVENIDA JOSÉ DOS SANTOS E SILVA 1920, ÀS 19:30H

terça-feira, 5 de junho de 2018

CAMINHADA DA FRATERNIDADE

Caminhada da Fraternidade 2018 tem novidades no percurso



Será no domingo, 10 de junho, de 2018; que Teresina  vivenciará, pela vigésima terceira vez, a Caminhada da Fraternidade. O tema escolhido para esta edição é: “Diferenças – nós respeitamos” e neste ano a organização destaca novidades no percurso do evento.

“Dessa vez não vamos até a Avenida de Nossa Senhora de Fátima. Quando estivermos andando pela ponte da Frei Serafim já vamos pegar a alça e nos direcionar para Avenida Raul Lopes até chegar ao ponto final na ponte Estaiada”, explica Irene Nogueira, uma das criadoras da Caminhada.

A festa será concluída no estacionamento do mirante da Ponte Estaiada. A organização do evento já destacou carros de som para acompanhar o percurso e na chegada será montado um palco para animar o público presente com a apresentação de bandas católicas.

“Teremos muita animação até lá. Tudo vai começar com Santa Missa a partir das 7h. Nossa concentração será ao lado do convento de São Benedito. Lá a gente participa do momento principal da Caminhada que é a Eucaristia”, conta Irene.

Após a missa e antes da caminhada propriamente dita haverá alongamento. A organização pede, ainda, cuidados com a hidratação, especialmente de crianças e idosos, e o uso de ítens de proteção contra queimaduras solares, como o protetor solar e boné.

Os kits para a Caminhada estão sendo vendidos em todas as paróquias da Arquidiocese de Teresina ao valor de R$ 25 e são compostos por camiseta, boné e mochila. Todo o valor arrecadado será revertido para projetos da Ação Social Arquidiocesana (Asa).

“Instituições como Lar da Fraternidade, Centro Maria Imaculada, o Lar de Misericórdia, Casa Pastoral do idoso e outros projetos são contemplados. O principal é o Lar da Fraternidade que é mantido exclusivamente com recursos da Caminhada”, concluiu.
Por Lívio Galeno